Como investir para viajar nas férias?

investir para viajar

 

Conhecer um novo lugar, uma nova cultura, novas pessoas. Uma boa viagem de férias é realmente indispensável, mas pode custar caro. A boa notícia é que ela não precisa custar a sua segurança financeira. Com pesquisa e planejamento, o seu dinheiro pode trabalhar para você até a hora de colocar o pé na estrada ou no avião, seja para relaxar ou para viver uma grande aventura. Se você deseja conhecer o mundo, neste post vamos te ensinar como investir para viajar e aproveitar tranquilamente as suas férias.

Investir para viajar é uma das melhores formas de garantir férias espetaculares e que não comprometam as suas finanças. Para isso, você precisa, sim, de um bom aporte financeiro. Além disso, é super importante fazer a escolha certa para os seus investimentos, para garantir o sucesso do seu planejamento. A partir de agora, vamos te mostrar as melhores opções de investimento para diferentes tipos de viagem.

Se você quer investir para viajar, comece pela economia

O custo de uma viagem varia bastante de acordo com o destino, o roteiro e a própria duração do passeio. Porém, antes de definir o quanto você vai gastar nas férias, é preciso pensar em quanto você pode economizar para chegar lá. 

O hábito de economizar uma quantia todo mês é o primeiro passo para garantir uma viagem sem estourar o orçamento. É o dinheiro que você poupa que vai se transformar em investimentos rentáveis para o futuro. Para isso, é preciso organização e, acima de tudo, disciplina. 

Não existe uma quantia certa ou exata do quanto você precisa economizar a cada mês. Isso depende dos seus rendimentos fixos e das suas despesas. Ainda assim, sempre é possível fazer ajustes nos gastos para que sobrem mais recursos para investir

Garanta recursos para driblar a alta de preços

Em apenas um ano, o preço das passagens aéreas subiu 77% no Brasil. De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), os principais motivos são a alta do dólar e do preço do combustível – entre janeiro e maio de 2022, a querosene de aviação subiu quase 60%. 

Some isso ao aumento da demanda após as flexibilizações em relação à pandemia e você tem a receita para viagens ainda mais caras. Desde passeios turísticos e hospedagem até o preço do transporte por aplicativos, tudo está custando mais. Porém, nada disso precisa impedir a sua viagem dos sonhos, desde que você tenha persistência para alcançar esse objetivo.

Invista no tempo certo para viajar

Não existe fórmula mágica para multiplicar seus rendimentos de um dia para o outro. A forma mais rápida e eficiente de alcançar esse objetivo é fazer investimentos inteligentes, mesmo no curto prazo. Lembre-se que a parte mais importante dessa aplicação é preservar o seu poder de compra, para que você possa aproveitar as suas férias sem precisar gastar mais do que o esperado.

Como a viagem geralmente é um objetivo de curto prazo, o planejamento de investimentos também deve levar isso em consideração. Por isso, separamos aqui algumas ótimas opções para você considerar em uma viagem daqui um ano.

– Títulos do Tesouro Direto
Rendem de acordo com o IPCA, o mesmo índice que mede a inflação. Se somados a um prêmio com vencimento próximo à data da viagem, tornam-se uma opção atraente para aplicar suas economias. São uma ótima opção para quem quer investir para viajar.

– CDBs
Uma alternativa segura para quem quer acessar seus rendimentos em diferentes horizontes de curto e médio prazo. Os Certificados de Depósito Bancários são oferecidos por instituições financeiras a fim de financiar as suas operações de crédito. O investidor é remunerado com base no CDI, o Certificado de Depósito Interbancário. Como a sua liquidez pode ser mais longa, como em 6 meses ou 1 ano, você também pode esperar uma rentabilidade acima dos 100% do CDI. 

– LCIs e LCAs
Se você tem mais tempo para planejar a sua viagem, a carência desse tipo de aplicação não vai ser um problema. Além disso, essa é uma ótima opção especialmente considerando o resgate em um curto período. Como as LCIs e LCAs não possuem incidência de imposto de renda, então a sua remuneração não vai ser prejudicada pelo baixo prazo de resgate.

– Fundos Cambiais ou moeda física
Como o principal objetivo do planejamento de viagem é manter o poder de compra do seu dinheiro, então os fundos cambiais ou compra de moeda estrangeira podem ser uma ótima pedida para destinos internacionais. No curto prazo, não é possível adivinhar para onde vai o dólar ou qualquer moeda estrangeira. Por isso, investir aos poucos todos os meses permite que você não se surpreenda com uma cotação mais elevada e acabe tendo que gastar mais em sua viagem. 

É importante ter em mente que, mesmo investindo a curto prazo, há diversas maneiras de fazer o seu dinheiro render mais que a inflação e proporcionar momentos únicos de diversão nas suas férias. Ainda assim, também é essencial encontrar formas de otimizar os recursos durante a sua viagem.

Planeje de acordo com o orçamento

Depois de escolher o destino e o período de viagem que cabem no seu bolso, é preciso planejar todos os gastos com consciência. Se vai viajar em família, por exemplo, compartilhe regras claras sobre o quanto gastar no local com passeios e presentes. Avalie também se vale mais a pena ficar em um hotel ou buscar outra alternativa de hospedagem. 

Utilize ainda a internet a seu favor para descobrir eventos culturais e de entretenimento gratuitos no seu destino. Muitas cidades contam com museus e exposições cuja entrada é livre em alguns dias da semana. Aproveite os passeios ao ar livre para colecionar ainda mais momentos que o dinheiro não compra.

Pesquise muito e evite prejuízos

Assim como para escolher os melhores investimentos financeiros, informação de qualidade é fundamental para planejar uma boa viagem. Por isso, não deixe de pesquisar sobre vistos, taxas locais ou outros documentos que podem ser necessários para determinados destinos. Esses gastos devem entrar no seu planejamento detalhado das férias. 

Esteja atento também para evitar esses erros comuns que podem levar a grandes prejuízos:

– Não observar o tamanho das malas

Taxas de excesso de bagagem não são nada baratas e podem representar um prejuízo já na partida da sua viagem. Pesquise bem as condições da companhia aérea escolhida e organize a sua mala de acordo com esses parâmetros.

– Usar o cartão de crédito de forma indiscriminada

Lembre-se de que cometer excessos nas férias pode inviabilizar uma nova viagem no futuro. Além disso, uma dívida no cartão de crédito pode se tornar um rombo no seu orçamento e impedir novos investimentos.

– Viajar sem seguro ou assistência

Quando estamos em um período de lazer, a última coisa que queremos é se preocupar com alguma inconveniência. Por isso, é de vital importância programar um seguro de viagem para que você esteja assegurado caso alguma eventualidade possa acontecer. Dependendo do seu cartão de crédito, é possível que você consiga emitir um seguro viagem sem custos. Ainda assim, é importante conferir se a cobertura do cartão atende a todas as suas peculiaridades. Caso contrário, é bom ter uma cobertura adicional paga à parte, para que você fique sem preocupações.

Não desista da viagem dos seus sonhos!

Viajar é preciso e você merece realizar esse sonho. Sejam as suas férias no verão ou no inverno, sozinho ou acompanhado, com família ou amigos, não deixe a falta de planejamento impedir a criação de momentos inesquecíveis.

Investir para viajar é a melhor decisão para abrir os seus caminhos! Conte com a Faz Capital para indicar as melhores opções para grandes rendimentos. Converse com um dos nossos assessores financeiros e comece a aplicar hoje mesmo!

 

5/5 - (1 vote)

Conteúdos relacionados

Preencha o formulário para iniciar o download