Índice Dow Jones marca a economia há quase 130 anos

Atualizado em 15 de janeiro de 2024

3 minutos de leitura

Por Redação Faz Capital

Quem acompanha o mercado financeiro, principalmente o internacional, já ouviu falar (ou viu a cotação em algum material de fechamento do dia) do índice Dow Jones da Bolsa de Nova York.

Hoje você vai descobrir mais sobre este que é um dos mais importantes e tradicionais índices de mercado do mundo.

🐣 Nasceu assim

Calculado pela primeira vez em 1896, o Dow Jones Industrial Average (carinhosamente chamado apenas de “Dow Jones” ou “Dow” no mercado financeiro) é o segundo índice mais antigo dos EUA. Fica somente atrás do Dow Jones Transportation Average, criado em 1884 para medir o desempenho de empresas de transporte.

A ideia original era mensurar a nascente indústria pesada do país, que os criadores do índice (Charles Dow e Edward Jones) acertadamente previram que marcaria a economia do século seguinte. De lá para cá, o Dow Jones adaptou a sua composição para refletir mais adequadamente a realidade da economia americana e hoje conta também com empresas de outras áreas, como:

  • Bens de consumo
  • Tecnologia
  • Alimentação
  • Saúde
  • Finanças

Assim, apesar de ter mais de um século, segue sendo bastante relevante como termômetro da economia dos EUA e, por consequência, do mundo.

No Microscópio 🔬

O Índice Dow Jones reflete o desempenho de 30 empresas americanas dos mais variados setores.

Só trinta? Sim, mas confira o poder de algumas delas:

Apple 🍎
Nike 👟
Coca-Cola 🥤
McDonald’s 🍟
Visa 💳

Todas as empresas do índice são o que chamamos de “blue chips”, de grande porte e líderes em suas áreas. Portanto, têm bastante solidez e suas ações contam com grande liquidez no mercado.

No Telescópio 🔭

Muitos analistas alegam que o Dow Jones é limitado por conter apenas 30 empresas (lembre que o S&P 500, o principal da Bolsa de Nova York, é composto por – ao menos – quinhentas companhias). 

No entanto, ele tem sido particularmente importante na identificação de ciclos econômicos e refletido a pujança da economia americana. Quem apostou no crescimento da maior economia do mundo e confiou no Dow Jones como termômetro teve excelentes resultados nos últimos anos.

Quer ver? Esta foi a variação anual recente do Dow:

2019  +22,34%
2020  +7,25%
2021  +18,73%
2022  −8,78%
2023  +13,70%

Mais de 60% (em dólares) contra pouco mais de 50% do Ibovespa (em reais) no mesmo período.

Como investir no índice Dow Jones?

Da mesma forma que o S&P 500, o Dow Jones é um índice de mercado. Portanto, não é um investimento. Ainda assim, há três formas de investir com base no Dow:

1️⃣ Investindo através de Fundos

Inúmeros ETFs acompanham em maior ou menor grau as variações do Dow Jones. Abaixo seguem 3 dos principais.

 

✅ First Trust Dow 30 Equal Weight ETF
Código de Negociação em Nova York: EDOW
Estratégia: procura ter pelo menos 90% dos ativos em ações que compõem o Dow Jones.

✅ SPDR Dow Jones Industrial Average ETF Trust
Código de Negociação em Nova York: DIA
Estratégia: seu portfólio é composto de todas as empresas listadas no Dow.

✅ UBS ETRACS Monthly Pay 2xLeveraged Dow Jones Select Dividend Index ETN
Código de Negociação em Nova York: DVYL
Estratégia: fundo com alavancagem, o que significa ganhos e perdas potencialmente maiores e elevada volatilidade.

2️⃣ Investindo através de índices futuros

Como a maioria dos índices, o Dow Jones também é negociado no mercado futuro. Para o investidor comum, pode-se apostar nele através de contratos E-Mini e Micro E-Mini.

A diferença entre eles é o valor padrão de cada contrato, que no caso do E-Mini é de US$ 5 e no Micro E-Mini, de US$ 0,50. Os seus códigos de negociação em Nova York são, respectivamente, YM e MYM.

3️⃣ Investindo através de Ações

O investidor pode também comprar diretamente as ações das empresas que compõem o Dow Jones. A dificuldade aqui é que é preciso adquirir 30 papéis diferentes, com pesos diferentes.

Claro que não é preciso copiar a composição do Dow à risca. Caso você queira acompanhar os componentes do índice por setor conforme forem mudando ao longo do tempo, pode consultar diretamente o site da S&P Global, empresa que o calcula e divulga.

Aviso legal
Aqui é o momento em que tenho que avisar que nada neste texto configura sugestão de investimento. Para escolher boas opções para incluir em seu portfólio, estude bastante e conte com seu especialista em investimentos internacionais.

Bons investimentos! 

Quer receber textos sobre ativos internacionais no seu email? Inscreva-se na Ativos Globais, clicando no banner abaixo.

5/5 - (1 vote)