Não invista como Warren Buffett

Não invista como Warren Buffett

No mundo dos investimentos, poucos nomes são tão reverenciados quanto Warren Buffett. Com uma fortuna estimada em bilhões de dólares, ele é apontado como um dos maiores investidores de todos os tempos. Mas antes de seguir seus passos, venha ver por que recomendamos que você não invista como Warren Buffett.

Quem é Warren Buffett?

Warren Buffett, muitas vezes chamado de Oráculo de Omaha, é um investidor americano nascido em 1930. Ele se destacou por seu estilo único de investir e pelo incrível sucesso ao longo das décadas. Ele é o presidente e CEO da Berkshire Hathaway, uma das maiores empresas de investimento do mundo. O que o torna tão notável é sua abordagem de longo prazo para investir em ações.

Sabe quem é Warren Buffett? Vem que a gente te conta a história do maior investidor do mundo

Desde a infância, Buffett demonstrava sua veia empreendedora ao vender pipoca, chicletes e refrigerantes. Passo a passo, ele acumulou riqueza, sempre demonstrando um talento natural para a geração de receita.

À medida que sua juventude avançava, Warren expandia sua fortuna, mergulhando no mundo dos investimentos em bolsa de valores. Sua jornada começou aos 10 anos, quando comprou sua primeira ação e, impressionantemente, acumulou mais de 90 mil dólares antes de concluir o ensino médio.

Guiado pelos ensinamentos de seu mentor, Benjamin Graham, Buffett continuou a fazer investimentos bem-sucedidos, eventualmente se tornando o proprietário da Berkshire Hathaway. Hoje, sua empresa administra um portfólio de investimentos avaliado em mais de 350 bilhões de dólares.

Como Warren Buffett ganhou dinheiro?

Buffett construiu sua fortuna através da compra e detenção de ações de empresas sólidas por longos períodos. Ele investe em empresas que entende profundamente e nas quais tem confiança a longo prazo.

Sua empresa atua como uma holding de destaque, desempenhando um papel significativo como acionista principal em corporações de grande porte. Dentro desse conglomerado, Buffett e Charlie Munger gerenciam somas impressionantes de capital, estrategicamente investindo em ações de empresas sólidas a preços atrativos.

Além disso, Buffett é conhecido por evitar especulação e manter-se fiel a seus princípios de investimento, mesmo quando o mercado está volátil. Sua abordagem é fundamentada em fundamentos sólidos, não em movimentos de curto prazo.

Logo, quando as pessoas aconselham “invista como Warren Buffett”, elas estão falando sobre encontrar empresas com vantagens competitivas duradouras, que irão gerar fluxo de caixa constante e crescimento consistente dos lucros.

Falamos um pouco sobre ações que geram fluxo de caixa na forma de dividendos neste vídeo, vale a pena assistir depois de ler:

Por que recomendamos que você não invista como Warren Buffett?

Embora o sucesso de Warren Buffett seja inegável, é importante reconhecer que sua estratégia de investimento não é adequada para todos. Veja algumas razões pelas quais a abordagem de Buffett pode não ser a melhor escolha para você:

1. Concentração da carteira em ações

Como já mostramos aqui, Warren Buffett é conhecido por alocar sua carteira totalmente em ações de empresas. Isso significa que ele está completamente exposto à volatilidade do mercado de ações. Para o investidor médio, essa abordagem pode ser arriscada, especialmente se você não está acostumado a suportar as oscilações do mercado.

Vamos dar uma olhada na variação da empresa que é a maior posição de Buffett:


O gráfico acima mostra a variação da cotação das ações da empresa em um ano. Podemos ver que a tendência é de alta, mas que também houve momentos de queda. Se você não tiver certeza da sua estratégia e confiança na tese de investimentos que escolheu, pode ser difícil ver seu patrimônio todo oscilar desta forma. Haja estômago! Você aguentaria?

2. Problema de liquidez na baixa do mercado

Buffett tem a capacidade de manter seus investimentos por décadas, se necessário, porque não precisa de liquidez imediata. Ele tem fluxo de caixa de suas empresas e investimentos para cobrir suas despesas pessoais. A maioria dos investidores médios não tem essa flexibilidade financeira.

Imagine a seguinte situação: você bateu o carro e precisa pagar a franquia do seguro (isso considerando que você tenha um seguro o que, sabemos, não é o caso da maioria dos motoristas). Sabendo disso, quando chega a conta, você olha sua carteira de investimentos e percebe que está negativa. O que faz? Provavelmente terá que realizar a perda do dinheiro, vendendo os ativos por um valor menor do que pagou.

Warren Buffet, por outro lado, conseguiria cobrir esse gasto somente com o seu fluxo de caixa, garantido pelos dividendos das empresas das quais é sócio. Afinal, só da Coca-Cola, a Berkshire Hathaway recebeu US$ 704 milhões em proventos em 2022. Desta forma, ele mantém o capital intacto e ainda garante o pagamento de suas despesas pessoais.

3. Warren Buffett é especialista, você não

Warren Buffett é um investidor profissional em tempo integral, com dedicação exclusiva ao negócio. Ele dedica todo o seu tempo e energia para analisar empresas e tomar decisões de investimento. Ao contrário da maioria dos investidores médios, que têm empregos e responsabilidades fora do cenário de investimentos, o que limita seu tempo e recursos disponíveis para se tornarem especialistas.

Você é médico, arquiteto, advogado? Pois é, Buffett não é nada disso. Ele é investidor profissional, e faz isso o dia todo, todos os dias. Ele acompanha as empresas de perto, é habilidoso em detectar os movimentos do mercado e tem uma compreensão profunda dos próximos passos a tomar. É essa experiência que o torna um investidor lendário.

Invista como Warren Buffett na parte de renda variável da sua carteira

Em vez de tentar replicar a estratégia de Warren Buffett em sua totalidade, é mais sensato considerá-la como parte de uma estratégia de investimento mais ampla. Lembre-se de que diversificar sua carteira pode ajudar a reduzir o risco. Portanto, não coloque todos os seus ovos em uma única cesta.
Aqui estão algumas maneiras de incorporar elementos da abordagem de Buffett em sua carteira:

  • Investimento a Longo Prazo: Adote uma mentalidade de investimento a longo prazo e evite a tentação de especular no mercado de ações.
  • Investimento em Empresas Sólidas: Concentre-se em empresas com fundamentos sólidos, vantagens competitivas e histórico de crescimento.
  • Educação Contínua: Aprenda constantemente sobre investimentos e ajuste sua estratégia à medida que adquire mais conhecimento.
  • Gerenciamento de Risco: Esteja ciente dos riscos associados ao mercado de ações e use ferramentas para proteger seu capital.

Em resumo, Warren Buffett é um ícone dos investimentos, mas sua estratégia não é uma fórmula mágica que se aplica a todos. É importante adaptar seus princípios à sua própria situação financeira e objetivos.

Investir sabiamente envolve avaliar seu próprio perfil de risco e tomar decisões informadas que se alinhem com seus objetivos pessoais de investimento. Portanto, antes de seguir cegamente os passos de Buffett, avalie suas próprias circunstâncias e procure orientação financeira, se necessário.

4.9/5 - (32 votes)

Conteúdos relacionados

Preencha o formulário para iniciar o download