O que é Buy and Hold? Conheça a estratégia de ações que deixou muitos investidores ricos!

buy and hold

Se você acredita que investir em ações é como jogar videogame, é porque nunca ouviu falar sobre “Buy and Hold”. Essa estratégia de investimento de longo prazo oferece uma abordagem racional para construir riqueza ao longo do tempo, sem se deixar levar pelas flutuações do mercado.

Ao contrário do frenesi do trading, o Buy and Hold preza pela solidez das empresas e pelo poder do tempo para maximizar retornos. Quer entender como essa estratégia pode transformar sua abordagem de investimento? Continue lendo para descobrir.

🥊 Buy and Hold x trading 

Buy and Hold, que em português significa “comprar e manter”, é uma estratégia de investimento de longo prazo na qual o investidor compra ações de empresas sólidas e as mantém por um período extenso, geralmente anos ou décadas. A ideia central é aproveitar o crescimento natural das empresas ao longo do tempo, ignorando as flutuações do mercado no curto prazo. 

Ao contrário do Buy and Hold, o trading busca lucrar com as oscilações de curto prazo do mercado. Isso envolve comprar e vender ações frequentemente, o que pode ser arriscado e exige tempo e conhecimento para ter sucesso.

Vantagens e desvantagens do Buy and Hold 

Como qualquer estratégia de investimentos, o Buy and Hold apresenta aspectos positivos e aspectos negativos. Vamos a eles!

1️⃣ Vantagens

  • Simplicidade: fácil de entender e implementar. 
  • Menos tempo e esforço: não exige acompanhamento constante do mercado. 
  • Menos custos: menor número de transações significa menos taxas de corretagem. 
  • Menor estresse: evita o stress de tomar decisões de compra e venda frequentes. 
  • Potencial de maior retorno: no longo prazo, o Buy and Hold tende a superar o trading. 

2️⃣ Desvantagens 

  • Volatilidade no curto prazo: o valor das ações pode flutuar significativamente no curto prazo. 
  • Menos flexibilidade: dificuldade de ajustar a carteira rapidamente em resposta a mudanças no mercado. 
  • Dificuldade em escolher as ações: requer pesquisa e análise para identificar empresas com potencial de crescimento a longo prazo. 

Para quem o Buy and Hold é recomendado? 

O Buy and Hold é recomendado para: 

➡️ Investidores de longo prazo: pessoas que buscam construir riqueza ao longo de anos ou décadas. 

➡️ Investidores com perfil conservador: pessoas que preferem evitar o risco e a volatilidade do mercado de curto prazo. 

➡️ Investidores com pouco tempo ou conhecimento: pessoas que não podem dedicar muito tempo à análise individual de ações. 

O papel do tempo no Buy and Hold

O tempo é um ingrediente fundamental para o sucesso do Buy and Hold. As empresas geralmente precisam de anos para crescer e se desenvolver, e o valor das ações tende a acompanhar esse crescimento ao longo do tempo. 

A acumulação e reinvestimento de dividendos são fundamentais para o sucesso da estratégia de Buy and Hold, pois contribuem significativamente para o crescimento do capital ao longo do tempo.

Estudos têm mostrado que uma parcela substancial dos retornos totais do mercado de ações ao longo do tempo vem dos dividendos e do seu reinvestimento.

Portanto, ao selecionar empresas com um histórico de pagamento de dividendos estáveis e crescentes, os investidores de Buy and Hold podem construir um portfólio que não apenas cresce em valor de mercado, mas também gera um crescente fluxo de renda passiva. 

Como escolher ações para Buy and Hold?

Para implementar efetivamente os dividendos na estratégia de Buy and Hold, os investidores precisam realizar uma análise cuidadosa na seleção de ações. 

 

Aprenda a gerar dividendos e planejar seus investimentos!

 

Empresas com altas taxas de payout podem não ser capazes de sustentar os pagamentos de dividendos a longo prazo, enquanto aquelas com taxas moderadas e um histórico de crescimento de dividendos podem ser mais atraentes.  

A escolha das ações é crucial para o sucesso da estratégia Buy and Hold. Alguns fatores importantes a serem considerados: 

  • Análise fundamentalista: avaliar a saúde financeira da empresa, seu histórico de crescimento e suas perspectivas de futuro. 
  • Diversificação: distribuir o investimento entre diferentes setores da economia e tipos de empresas. 
  • Reinvestimento de dividendos: reinvestir os dividendos recebidos para aumentar o número de ações e o potencial de retorno. 

Exemplos de sucesso 

Embora a estratégia Buy and Hold exista há muito tempo, não há uma única pessoa creditada com sua criação. É mais uma filosofia de investimento que surgiu ao longo do tempo. 

Primeiros proponentes do value investing, como Benjamin Graham em meados do século 20, lançaram as bases para o Buy and Hold, enfatizando a importância de comprar empresas de qualidade a preços justos e mantê-las no longo prazo. 

No entanto, o Buy and Hold ganhou reconhecimento popular através do sucesso de investidores como Warren Buffett, que defendeu a abordagem e alcançou resultados excepcionais ao longo de décadas. 

Com certeza você já deve ter ouvido falar sobre os seus expoentes mais conhecidos:

💵 Warren Buffett

Warren Buffett: tudo sobre do maior investidor do mundo O CEO da Berkshire Hathaway, é frequentemente citado como o exemplo paradigmático de sucesso com a estratégia de Buy and Hold. Buffett busca investir em empresas com uma “trincheira econômica” ou vantagem competitiva duradoura, a preços razoáveis. Um dos seus investimentos mais famosos é na Coca-Cola.

Buffett começou a comprar ações da Coca-Cola em 1988, percebendo o valor duradouro da marca e do produto. Desde então, a Berkshire Hathaway manteve a maior parte dessas ações, beneficiando-se enormemente do crescimento da empresa e dos dividendos distribuídos ao longo dos anos. 

💵 Peter Lynch

Conheça Peter Lynch? Conheça sua história e importância no ...

Outro investidor lendário, Peter Lynch geriu o Fidelity Magellan Fund de 1977 a 1990, período durante o qual o fundo foi um dos de melhor desempenho no mundo. Lynch aplicava uma versão da estratégia Buy and Hold, embora com uma abordagem mais ativa na seleção de ações.

Ele se concentrou em entender as empresas em que investia, buscando aquelas que ele acreditava terem o potencial de crescimento mais significativo. Uma de suas apostas mais bem-sucedidas foi na Taco Bell, que ele comprou antes de se tornar uma marca enormemente popular, mantendo o investimento à medida que a empresa crescia. 

💵 Luiz Barsi

Por dentro da carteira de Luiz Barsi: veja duas apostas do ...

Começou a investir na bolsa de valores com poucos recursos, focando em empresas que pagavam bons dividendos. Ao longo de décadas, ele acumulou uma vasta carteira de ações, tornando-se um dos maiores investidores individuais da B3.

Um de seus investimentos mais notáveis foi na Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), cujas ações ele começou a comprar nos anos 1980 e manteve, beneficiando-se tanto da valorização das ações quanto dos dividendos. 

💵 Lirio Parisotto

Lírio Parisotto: Conheça a sua trajetória e estratégias de investimentos -  Investidor10

Começou a investir na bolsa de valores nos anos 1990, e um de seus investimentos mais notáveis foi na Grendene, fabricante de calçados. Parisotto reconheceu o potencial da empresa e manteve seu investimento por muitos anos, beneficiando-se da valorização das ações e dos dividendos.

Sua paciência e capacidade de manter o foco no longo prazo ajudaram a consolidar sua posição como um dos maiores investidores individuais do Brasil. 

Os dividendos são uma peça integral da estratégia de Buy and Hold, oferecendo tanto uma fonte de renda passiva quanto contribuindo para o crescimento composto do portfólio ao longo do tempo.

A seleção cuidadosa de empresas com um histórico sólido de pagamento e crescimento de dividendos, combinada com o reinvestimento desses dividendos, pode potencializar significativamente os retornos de investimento a longo prazo, alinhando-se perfeitamente com os objetivos da estratégia de Buy and Hold. 

5/5 - (2 votes)

Conteúdos relacionados

Preencha o formulário para iniciar o download