Preciso saber inglês para investir no exterior?

inglês para investir no exterior

 

Você provavelmente já ouviu falar que diversificar os investimentos, ir atrás de retornos seguros ou proteger o seu dinheiro investindo em uma moeda forte é uma estratégia importante quando o assunto são investimentos. Tais motivos levam milhares de brasileiros a investir no exterior, principalmente na moeda americana. A língua poderia ser um empecilho, mas temos ótimas notícias! Leia este artigo para saber se é preciso saber inglês para investir no exterior.

Esta é uma dúvida bem comum e acaba inibindo vários brasileiros de começar a investir no exterior, mas o que você precisa saber é que atualmente não é necessário falar ou entender o inglês para poder investir em dólar. Aliás, não é necessário nem sair do Brasil para fazer as suas aplicações. Através de uma assessoria personalizada, você vai receber as orientações necessárias para começar a investir no exterior.

Outro ponto importante que você precisa saber é que recentemente o modelo de investimentos no exterior passou por mudanças e atualmente os custos para manter os seus recursos no exterior são mais baixos. No geral os brasileiros pagam uma alíquota de 0,38% sobre o valor a título de IOF, o Imposto sobre Operações Financeiras.

 

Não é preciso falar inglês, mas é preciso ter muito dinheiro?

A resposta é não. Hoje é possível começar com valores mais acessíveis. Por isso é importante a ajuda de uma assessoria personalizada para que seja feita a melhor escolha para a realidade de cada um.

As opções de investimento no exterior podem ser divididas de duas formas: alternativas que não exigem enviar dinheiro para fora do Brasil (BDRs, ETFs, COE e Fundos de Investimento, por exemplo) e aquelas que demandam uma transferência internacional. A segunda opção exige uma conta no exterior, aberta em uma corretora que aceite brasileiros.

 

Os documentos necessários são bem simples:

  • Documento de identificação com foto
  • Comprovante de endereço
  • Última declaração do Imposto de Renda e o recibo
  • Telefone
  • E-mail
  • Empresa e endereço comercial
  • Profissão
  • Renda mensal
  • Dados bancários
  • Estado civil (se é casado, é necessário nome completo e CPF do cônjuge)
  • Naturalidade

 

E lembre-se sempre: não é só em dólar que é possível investir fora do Brasil. A tecnologia hoje possibilita uma infinidade de opções em qualquer canto do mundo, basta escolher a que faz mais sentido para você.

Este post foi útil? Avalie

Conteúdos relacionados

Preencha o formulário para iniciar o download