Quanto custa fazer rinoplastia?

rinoplastia

Cada vez mais popular, especialmente entre as mulheres, a rinoplastia é uma cirurgia que serve para corrigir questões funcionais, como desvio de septo, e também para promover retoques estéticos ao nariz do paciente.

Esta é a segunda cirurgia plástica facial mais realizada no Brasil – que é um dos países que mais realiza esse tipo de procedimento no mundo!

Mas você sabe como ela funciona? E, mais importante ainda, quanto ela pode custar para seu bolso?

Se você tem dúvidas sobre isso, acompanhe este artigo porque nele vamos explicar mais sobre a rinoplastia e te dizer quanto você pode esperar pagar por ela!

COMO FUNCIONA UMA RINOPLASTIA? PARA QUEM É INDICADO?

A rinoplastia é um procedimento cirúrgico estético ou reconstrutivo que visa melhorar a função e/ou a aparência do nariz.

Sob o aspecto prático, algumas das indicações mais comuns para fazer rinoplastia incluem:

  • Correção de defeitos congênitos ou adquiridos 

Quando algumas pessoas nascem com anormalidades no nariz, como desvios de septo, assimetria nasal, ou fendas nasais, ou quando as adquirem em decorrência de algum dano no nariz devido a um acidente ou lesão. 

  • Melhora da respiração

Problemas respiratórios devido a um desvio de septo, obstrução nasal ou outras condições relacionadas ao nariz, podem melhorar com a rinoplastia.

Do ponto de vista estético, a rinoplastia, também chamada por muitos de “cirurgia plástica do nariz”, pode corrigir imperfeições como uma ponta do nariz proeminente, uma ponte nasal achatada, nariz torto, assimetria, entre outras.

A decisão de fazer uma rinoplastia deve ser tomada em conjunto com um cirurgião plástico qualificado, que pode avaliar as necessidades e expectativas do paciente, e determinar se a cirurgia é adequada.

A rinoplastia pode ser feita de diversas maneiras, dependendo das necessidades e expectativas do paciente e da avaliação do cirurgião plástico.

Segundo especialistas, a técnica mais comum envolve uma incisão na parte inferior do nariz, onde o cirurgião acessa as estruturas nasais internas, incluindo o septo nasal e as cartilagens.

Uma vez com acesso a essas estruturas, o cirurgião as remodela e as realoca para alcançar a função ou a aparência desejadas.

Essa “remodelação” pode envolver a remoção ou lixamento de cartilagem, ossos e tecidos do nariz, além da adição de enxertos para obter um resultado estético e funcional mais satisfatório.

Porém, essa não é a única forma de realizar rinoplastia…

Outra técnica menos invasiva é chamada de rinoplastia “fechada”, na qual as incisões são feitas por dentro das narinas, sem deixar cicatrizes externas.

Há também a busca por uma rinoplastia secundária ou revisional, quando o procedimento cirúrgico é realizado em um nariz previamente operado, pois o paciente não teve suas expectativas atingidas, seja na parte estética quanto na funcional.

Rinoplastia requer hospitalização?

Esse é um procedimento complexo que requer habilidade e experiência do cirurgião plástico responsável, e é realizada com anestesia geral ou local, com sedação e em um hospital ou em um centro cirúrgico.

A cirurgia demora, em média, três horas. O paciente é liberado no mesmo dia.

Como é o pós-operatório?

Por se tratar de uma cirurgia é necessário ter cuidado com o pós-operatório para que a recuperação aconteça de forma tranquila, e vale ressaltar que todo procedimento pode apresentar um risco.

No caso da rinoplastia é um risco controlado, como inchaço, hematoma e a obstrução nasal transitória nos primeiros dias após o procedimento.

QUAIS OS CUSTOS ENVOLVIDOS NUMA RINOPLASTIA?

E quais são os custos que estão envolvidos na realização de uma rinoplastia?

Bom, além da avaliação, acompanhamento do médico e da equipe que realizará o procedimento, existem outros itens que geralmente já estão inclusos no valor que o cirurgião vai te passar.

Esses custos podem variar de acordo com o profissional, mas, geralmente estão inclusos:

  • Honorários médicos: Ou seja, o valor em si que será cobrado pelo cirurgião plástico para realizar a cirurgia.
  • Anestesia: Que é o custo da anestesia e do anestesista responsável pela cirurgia.
  • Internação hospitalar: Caso a cirurgia seja realizada em um hospital, você precisará pagar o custo da internação e utilização dos serviços hospitalares, como quarto e alimentação.
  • Exames pré-operatórios: É possível que, antes da cirurgia, sejam necessários exames médicos, como exames de sangue, radiografias e outros exames específicos, para que o procedimento seja feito com segurança.
  • Medicamentos para pré e pós-operatório: O custo dos medicamentos a serem utilizados pelo paciente antes e depois da cirurgia, como analgésicos e anti-inflamatórios.
  • Consultas de acompanhamento: O preço de todas as consultas de acompanhamento necessárias para a avaliação do resultado da cirurgia e retirada dos pontos.

Como dissemos, esses todos são custos a serem considerados, mas é possível que boa parte deles já estejam compreendidos dentro do valor que o cirurgião responsável vai passar na hora de combinar sua rinoplastia.

Portanto, é interessante ter uma noção deles, mas não é tão imperativo que você saiba exatamente quanto cada um deles custa.

O que importa é o “custo do pacote” completo…

QUANTO CUSTA FAZER UMA RINOPLASTIA?

O custo de uma rinoplastia varia bastante, dependendo de vários fatores, como a reputação e a experiência do cirurgião responsável, a localização geográfica, o tipo de técnica utilizada, a extensão da cirurgia, entre outros.

Portanto, não podemos afirmar o valor exato da cirurgia, primeiro porque não somos da área, e, em segundo lugar, porque antes precisa haver a avaliação do cirurgião para analisar seu caso específico.

Porém, é possível ter uma estimativa.

Segundo a Qualicorp, a média de valor de uma rinoplastia varia entre R$ 10 a R$ 20 mil reais.

Segundo a Qualicorp, a média de valor de uma rinoplastia varia entre R$ 10 a R$ 20 mil reais. Porém, um procedimento de mais alto nível pode chegar em valores mais elevados.

Segundo o jornal Metrópoles, o procedimento que Bruna Biancardi, influenciadora com aquela relação complicada com o Neymar, fez custa entre R$ 25 mil e R$ 50 mil

É possível fazer rinoplastia pelo SUS?

Não é possível fazer rinoplastia pelo SUS.

É possível fazer rinoplastia pelo Plano de Saúde?

É bem importante mencionar também que cirurgias plásticas não estão entre os procedimentos obrigatórios exigidos pela Agência Nacional de Saúde aos planos de saúde

Ou seja, não é possível realizar uma rinoplastia estética pelo convênio.

As cirurgias nasais não consideradas estéticas cobertas pelos planos são:

  • Rinoplastia reparadora: realizar reparos causados por acidentes ou danos
  • Rinosseptoplastia funcional: corrige o desvio de septo
  • Septoplastia: centraliza o septo nasal

Porém, é  possível que você não precise pagar pela sua rinoplastia completa…

Se o procedimento de rinoplastia for realizado juntamente com um procedimento funcional ou reparador, pode ser coberto de forma parcial pelo seu plano de saúde.

Por exemplo, se for realizada a correção de um desvio de septo, que interfere na saúde do paciente e nesse procedimento for realizada, ao mesmo tempo, uma rinoplastia, o plano cobre parte dessa cirurgia.

Isso faz com que o procedimento fique mais barato para seu bolso, tendo em vista que o plano vai arcar com um percentual.

Por isso, 2 dicas:

1️⃣ Fale com seu cirurgião sobre essa possibilidade

2️⃣ Dê uma olhada nesse vídeo em que falamos mais sobre planos de saúde:

VALE A PENA FAZER RINOPLASTIA?

Então… será que vale a pena fazer rinoplastia?

Um valor entre R$ 10 mil e R$ 20 mil pode ser bem caro para a maioria das pessoas…

É claro que essa operação, assim como outros procedimentos estéticos, como clareamento dental e implante capilar, é capaz de mudar a autoestima de uma pessoa.

Afinal de contas, algumas pessoas têm até um lado preferido na hora de tirar foto, e um lado “proibido”, porque o nariz incomoda. 

Ao melhorar a estética nasal com uma rinoplastia, podendo ser uma alteração completamente sutil que apenas a pessoa vai notar, tudo muda e ela passa a se sentir mais autoconfiante.

E isso é só falando do lado estético…

Considerando o lado prático, esse procedimento pode ajudar com muitas coisas, como:

  • Correção de problemas respiratórios, como desvio do septo nasal, cornetos inferiores aumentados ou outras condições estruturais podem obstruir as vias respiratórias, causando dificuldade na respiração. 
  • E a correção de defeitos congênitos ou traumáticos, como malformações no nariz, ou lesões traumáticas que alteraram a estrutura nasal. 

Porém, é claro que esse é um gasto que precisa ser planejado e bem realizado.

Se você tem dinheiro guardado para esse objetivo e isso não fará diferença na sua vida, damos toda a força para que você realize sua rinoplastia!

Agora, se você ainda não tem esse dinheiro, e especialmente se seu objetivo for essencialmente estético, recomendamos que você se organize para guardar dinheiro em uma conta que renda um pouco todo dia, para não se endividar na hora de realizar sua cirurgia!

5/5 - (1 vote)

Preencha o formulário para iniciar o download